terça-feira, 30 de outubro de 2007

Run!

Peço licença aos visitantes desse blog para que eu passe um tempo sem postar. É que tenho um milhão de páginas para estudar e o negócio tá apertando. Mas hoje eu gostaria de dizer umas coisas.Porque tem dias que a gente fica tristão mesmo, principalmente depois de um fim-de-semana de sol, achando que aquela alegria apenas adia o momento de decidir tanta coisa que a gente considera importante e que nem começou a pensar direito. Aí vem uma colega que mal nos conhece e, olhando praquela cara triste de dar pena, diz: - "Você está sem plano de vôo". E acerta na mosca. Bingo.

Na mosca mesmo, porque faz tempo que você anda sem rumo, sem “plano de vôo”. Porque está escrito na tua cara que você navega sem rota há séculos num oceano atlântico de opções, com toda tua vontade de ser feliz e de comer o mundo. Mas quantas vezes você já navegou sem plano de vôo e afinal, que diabos significa ter um plano de vôo na vida? Claro que eu já fiz mil planos na vida e que todos escorreram feito água gelada pela garganta de um sedento no passar dos anos. E tinha que ser assim, não há outro modo. Porque a vida é isso mesmo. Hoje você faz planos e planeja tudo certinho, aí vem o destino amanhã e revira tudo, deixa tudo igual que antes, de pernas pro ar. Aliás, isso acontece se você tiver um sorte, porque pode ficar muito pior.


Então o melhor é ter idéias, ter princípios, confiar em você mesmo, esperar um pouquinho enquanto passa o “banzo” pra voltar a sorrir e, de novo, fazer mil planos, esperando sempre que a grande roda da vida volte a rodar e parar no teu nome.Todo dia é segunda-feira, todo dia é dia de recomeçar, de sacudir a poeira e dar a volta por cima. Dizem que os suicidas odeiam as segundas-feiras. A idéia de recomeçar os arrasa. Eu gosto das segundas-feiras, encanta-me a idéia de recomeçar a cada dia, com mais garra. Melhor ainda é a terça, dia da provação, de saber se aquele upgrade vai durar. Seja o que for, eu há muito estou preparada. Porque quem vive sem plano de vôo sempre está preparado. Meu coração é novo e meu anjo da guarda já enlouqueceu faz tempo. O importante é saber tirar proveito do silêncio, da falta de riso, da falta de saco, deste vazio momentâneo. É saber quem você é de verdade. Sempre com grandes planos pro futuro, cuidando dos pequenos, celebrando a vida e cantando todo dia: Força sempre, até o fim.


É como diz aquela canção...


Quem bater primeiro a dobra do mar
Dá de lá bandeira qualquer, aponta pra fé
E rema
É, pode ser que a maré não vire
Pode ser do vento vir contra o cais
E se já não sinto teus sinais
Pode ser da vida acostumar
Será, Morena?
Sobre estar só, eu sei
nos mares por onde andei devagar
dedicou-se mais o acaso a se esconder
E agora o amanhã, cadê?
Doce o mar, perdeu no meu cantar

3 comentários:

deynaleao disse...

Ontem(segunda)recomecei...tô fazendo atividade física de novo. :0) E penso que o recomeço não é em si vazio, traz um monte de idéias e metas pra gente. Não desista das suas, amiga!Haverá sempre uma segunda-feira. Mas se você não recomeçar quando ela chegar, haverá sempre uma segunda chance!
Beijão.Tá lindo o blog.

Luana Magalle disse...

Nem preciso dizer o quão importante é ouvir mais uma vez que todo dia é dia de recomeçar...e as coisas estão clareando mais!!! =D
Uma palavra aqui, uma conversa ali e a gente vai se achando...
Talvez o único problema seja deixar algo mal-resolvido por aí...portas entraabertas nos fazem parar e até retroceder!

Por isso, já que está "na moda" (kkkkkkk), lá vai:

"Não deixe portas entreabertas
escancare-as ou bata-as de vez. Pelos vãos, brechas e fendas passam apenas semiventos, meias verdades e muita insensatez."(Cecilia Meireles)

Daniel disse...

Odeio segundas-feiras. :))