quinta-feira, 6 de setembro de 2007

Quinta-Feira...

Engraçado como ele consegue ir tão fundo na alma de cada um. Voz suave, discurso sem pieguices ou preconceitos, frases que ecoam na mente por algum tempo. Conheci este rapaz quando ele ainda era simplesmente Fábio de Melo, não havia se tornado Padre (nem famoso,hehe) , e em uma de suas idas à Campina, fomos deixá-lo em João Pessoa, depois do show. 2h de conversa e 20 anos de lembranças...Hoje ele conversa com meio mundo de gente, na quinta-feira, pela Canção Nova, às 22h30.Conheço ateu, espírita, evangélico, ubandista, cristão, sabe-se-lá-o-que-mais, que assiste. É bom, de verdade. Esse é um dos textos dele que mais me identifico, já que a menina rechonchuda que habita em mim não se conforma de ter crescido... ;)

"O desenho de nuvens é sempre um encanto diante dos olhos de quem ainda não cresceu demais. Infância resguardada, e que não impede a maturidade. Apenas um detalhe de criancice preservada; coisa que não faz diferença na somatória final que nos confere responsabilidade.Tenho descoberto um menino escondido em meu corpo crescido. Vem quando menos imagino; e vem querendo ficar. O desassossego é próprio dos tempos de transição. Há tantas felicidades do outro lado da ponte, mas antes é preciso a travessia. Mas eu não tenho direito de esperar por felicidade alguma. Travessia também é lugar de felicidade. Aprendi a duras penas. Pena que por vezes me esqueço.Eu não quero esquecer tantas coisas, mas eis que vem o menino e rabisca minha agenda e me convida para uma vagabundagem inocente. A chuva caindo lá fora, e ele gritando aqui dentro de mim, pedindo pra eu retirar os sapatos, correr na chuva e colocar na enxurrada, barquinhos de papel.Esse menino não tem jeito, mas é ele que dá jeito em mim. Quando a vida fica dura demais para ser enfrentada, ele me presenteia com um jeito engraçado de ver os fatos. Aí eu rio e durmo sem os medos que me acordaram no meio da noite.A vida é assim. Quando o adulto não suporta o peso há sempre um menino escondido, pronto para nos ajudar a continuar.Eu continuo, mas continuo porque há um menino me conduzindo, não me deixando desistir. Ele me conduz pela mão... "

Um comentário:

Poliana disse...

huumm..
me identifiquei tb!!

e me confortei ao ler esse texto...
;)

essa menininha que existe dentro de mim.. teima em aparecer.. as vezes achava ruim.. outras vezes sinto falta qd ela se esconde..

So vc.. e suas palavras...
Taih 2 pessoas que as palavras me ajudam e alimentam minha alma...
vc e o famoso Pe. Fabio de Melo..

As vezes tenho uma vontade gigante de chegar pra ele.. olhar nos olçhos dele, e apenas o toque da sua mao em minha cabeça.. me tranquilizar e passar a paz que qq palavra n conseguiria..
(sim, outra vontade gigante.. eh trocar 2 palavrinhas com ele, apesar de saber q n saberia o que falar...e não pense que isso td eh pq ele eh o famoso e bla bla bla.. mas sim pelo que ele diz.. trocar palavras e talvez ficar muda por n falar bem 1/3 das coisas lindas que ele diz... bem.. coisas de Poliana... hehehe)

bjauuuuuuuuuuuuuuum vivi!!