terça-feira, 4 de setembro de 2007

Auto-Ajuda!



Adoro uma frase do Ariano Suassuna em que ele fala que o mundo deve ser francamente dividido em dois grandes contingentes humanos: o primeiro, simplesmente formado pelas pessoas que gostam de nós e concordam conosco. O resto do mundo será constituído necessariamente por um punhado de equivocados!!! =)

Confesso que esse blog não foi feito propositalmente. Um dia, por acaso (se é que existem acasos), na decisão de fazer com que meus papéis não voassem, uso a tecnologia a meu favor, e acabo escrevendo aqui, abrindo o cadeado dos meus pensamentos para sabe se lá quem, ler. Ou até mesmo ninguém. Despretensiosamente, é claro, como tudo o que eu faço. Mas parece que mesmo sem intenção, a gente acaba atraindo "mau olhado" e gente que "mete o pau" em alguma coisa, seja ela boa ou ruim, que alguém diz gostar. É o chamado espírito de porco: aquele povo que começa uma conversa com "Vc não sabe da última...",no meio dispara um "Vc gosta´daquilo´?", ou então arremata com um "Pois é, minha filha, foi assim"...

Quem não se depara o tempo todo com gente do tipo? Mas, infelizmente, a vida é isto, composta de seres humanos com todo o peso da falibilidade, própria dos "humanos".

Uma amiga minha disse que fulana tinha achado este blog "auto-ajuda". Confesso que, ao invés de me incomodar, eu gostei, sabia? Em meio a tantos blogs, orkuts, personagens da internet "auto-promocionais" nada melhor que algumas palavras que possam fazer bem a alguém. Ou quem sabe, fazer com que a pessoa se identifique e haja uma cumplicidade 'virtual' entre os sentimentos tão comuns à maioria das pessoas. Achei muito bom esse negócio de auto ajuda. É prático. Clarice Lispector é minha auto ajuda preferida. Ela me entende, parece que somos confidentes. Eu sinto algo, a danada vai, e o descreve perfeitamente. E quando leio...ah, enfim, alguém que me compreende! E quase sempre ela não me dá a solução, apenas me ajuda a me sentir melhor. Os poemas da Adélia Prado também me auto ajudam. Eu pego o livrinho "Oráculos de Maio" e declamo com ela "Ai, meu Deus, meu Pai, me cura de ser grande!". A Cecília Meireles também é outra amiga que escreve sobre meus dramas de uma forma ímpar. Vai ali, quietinha, e só de ler "A vida só é possível reinventada", penso que é preciso seguir em frente, dando novos passos...Ah,Meireles,obrigada.Vou seguir seu conselho!

Também tenho amigos que me auto ajudam. É só saber que eles estão ali, que, por mim mesma, já me sinto melhor. E as músicas então? Hoje escutei, depois de um bom tempo, os Titãs ensinando..."Quando não houver esperança,quando não restar nem ilusão, Ainda há de haver esperança, em cada um de nós, algo de uma criança"...e claro que, ouvindo, me auto ajudei (retundante,né? mas é assim mesmo) .

Bem, agradeço de coração o adjetivo. Pelo menos, aqui, eu sou o que me permito ser. Com todas as minhas limitações, sendo, entretanto, sempre inteira, como já me alertava o Fernando Pessoa (´sê inteiro em tudo o que fazes') .Não copio nada de ninguém, não me meto a pseudo-intelectual, não posto coisas que eu não sei discutir sobre. Pra quê? Para cavar elogios ou respeito? Quem sabe instigar alguém a se interessar por mim? Não, não. Preciso não.O nome do blog já confirma meu propósito. Afinal, como diria um grandioso "auto-ajuda", Renato Russo: "O que eu mais queria era provar pra todo mundo que eu não precisava provar nada pra ninguém..."

Um comentário:

" Distraídos Venceremos" (Leminski) disse...

Perfeito Vivianne. São poucas as pessoas que dominam originalidade como você. Engraçado como existem os espíritos de porcos em tudo na nossa vida. Sabe!.. um elogio não faz mal a ninguém... nietzsche diz que " há mais impertinência em um elogio do que na censura"... parece que vivemos o contrário!... Auto-ajuda seus textos? jamais!... talvez o espírito de porco que falou " auto-ajuda" não saiba o que é uma palavra muito simples : Sinceridade e simplicidade.
Em um mundo em que a frase é " relativizar a confiança"... realmente!.. fica difícil entender as palavras Sinceridade e simplicidade. Isso aí eu deixo pra quem tem um espelho de água cristalina na Alma!

bjs!