quarta-feira, 4 de junho de 2008

"Amuada mas obediente, ela se deixava conduzir como uma criança."

(Lygia Fagundes Telles)

Um comentário:

Franco disse...

Legal: as crianças apesar de no geral, pelo aspecto rsponsabilidade, nunca saberem o que fazem, certamente, sempre sabem o que fazer.
Bjão.